Compartilhando

 



Nossa história com Trabalho em Conjunto
Quando trabalhamos com a revista Ação e Reação, sempre me vinham à mente ações e reações químicas. Eu pensava como fazer uma relação da vida cristã com aquilo que veríamos ao estudar na Bíblia, eu não conseguia relacionar muito bem uma coisa com a outra. Mas precisávamos fazê-la, até mesmo para podermos organizar o início do quadrimestre.

Quando começamos uma nova revista, fazemos uma abertura junto com todas as crianças para introduzir o material e também concluímos o quadrimestre fazendo alguma atividade conjunta com todas, com brincadeiras e tempo de reflexões sobre o que vimos. 

Enquanto pensávamos na programação do início do quadrimestre, algumas ideias vieram... Porém, eu ainda não estava totalmente satisfeita.

E o “click” final veio quando estava preparando o primeiro encontro que eu iria ministrar (Semana 1). Li uma frase que me impactou muito: “A reação muda conforme a ação!” E aí, veio a ideia de que, se nós temos ações em relação à nossa vida e relacionamento com Deus, ele tem reações em resposta às nossas ações. E isso tem me feito refletir muito: que ações eu tenho tido para com Deus? E até mesmo: que reações eu gostaria de ver e receber de Deus ou de provocar nele? Para isso, as minhas ações têm correspondido às reações que eu espero ver?

Nesse sentido, temos desafiado os facilitadores do trabalho em conjunto, para terem ações para com Deus...
 
Um grande abraço e que Deus os continue usando.
 
Margriet Verburg
Coordenadora do Trabalho em Conjunto da Igreja
Presbiteriana Independente Maanaim - Curitiba-PR
 




Todos os textos